Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Alimentos dentro dos padrões

Das 790 amostras analisadas, 92,9% têm resíduos dentro dos limites padrão.

Análises do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para avaliar os limites de resíduos e contaminantes em produtos de origem vegetal demonstraram que, das 790 amostras coletadas, 734 estavam dentro dos padrões, um índice de 92,9%. O trabalho foi realizado durante a safra 2009/2010, em 17 culturas incluídas no Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal (PNCRC/Vegetal). Do total de amostras, mais de 80% estão relacionadas a produtos que serão destinados ao mercado interno. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 10 de setembro, na Instrução Normativa Nº 22, publicada no Diário Oficial da União (DOU).

O resultado indica, ainda, que 92,5% das amostras analisadas quanto aos resíduos de agrotóxicos em abacaxi, alface, banana, batata, limão, maçã, mamão, manga, melão, morango, tomate e uva estavam dentro dos padrões permitidos. “Esse procedimento é importante para conferir qualidade ao produto que chega na mesa dos consumidores”, informa Carlos Venancio, chefe do Serviço de Controle de Resíduos da Área Vegetal do Ministério da Agricultura.

Para o monitoramento de aflatoxinas nas culturas de amendoim, arroz, castanha-do-brasil e milho foram coletadas 75 amostras, sendo que 71 estavam dentro do padrão, o que representa 94,6%. Para a pimenta-do-reino, todas as 21 amostras estavam dentro dos padrões de qualidade quanto à presença de salmonela.

“Realizamos essas coletas nas centrais de abastecimento e nas casas de beneficiamento de frutas (packing houses). No caso de irregularidades, iniciamos processo de investigação e vamos até a fazenda de origem fazer uma auditoria completa”, explica Venancio.   

As amostras coletadas para o controle de resíduos e contaminantes em produtos de origem vegetal foram provenientes de 19 estados: Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins. No caso da maçã, em que o Brasil faz o monitoramento do produto importado, foram analisados também produtos originários da Argentina, Chile, Franca e Itália.

Na safra atual (2010/2011), o Ministério da Agricultura ampliou o monitoramento da qualidade dos produtos vegetais e vai coletar mais de 1,5 mil amostras. Serão analisadas 25 culturas entre grãos, frutas, oleaginosas e hortaliças em relação aos níveis de resíduos de agrotóxicos, salmonela e aflatoxina. Nesta safra, serão examinados seis novos produtos: alho, soja, laranja, pimentão, feijão e café.

Kelly Beltrão
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.