Você está aqui: Home / Sem categoria / Como as condições climáticas exigem maior consumo de defensivos agrícolas?

A agricultura de clima tropical e subtropical, como no Brasil, enfrenta uma série de adversidades que não ocorrem nos países de climas temperados, como os da Europa e os Estados Unidos, cujas características favorecem menor incidência de pragas e doenças, e com muito menor severidade. Cite-se alguns exemplos.

Na cultura da cana-de-açúcar, os cupins podem causar danos de até 10 toneladas por hectare no ano, o que representa cerca de 60 toneladas por hectare durante o ciclo completo da cultura. No algodão, resultados experimentais demonstram que a manifestação da VMN pode reduzir a produção em até 60%.

Na soja, o Brasil é um dos países onde a ferrugem asiática causa mais impactos no sistema produtivo; a doença causa danos primeiro nas folhagens e, em seguida, nas vagens, podendo diminuir em até 80% a produtividade de uma lavoura.

No milho, a lagarta do cartucho representa um potencial de dano de 37% na planta atacada, e de até 60% de perda na produção de grãos de uma lavoura; devido à sua grande ocorrência e alta taxa de infestação, variando de 25% a 100%, é considerada a principal praga alvo na cultura do milho no Brasil.

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.