Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / FAO DISCUTE PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

Eduardo Daher comenta,na “Folha”, sobre Fórum de alimentação que acontece dia 14

Quando se fala em fome no mundo, o Brasil é sempre visto como uma das soluções. O caminho a ser percorrido para o país ser o celeiro mundial, no entanto, ainda é longo, segundo analistas do setor de alimentação.
Na próxima quinta, em São Paulo, representantes da FAO e de associações brasileiras, como Abag (agronegócio) e Andef (defesa vegetal), retomam as discussões com um olhar de como preparar o país para esse desafio.
Eduardo Daher, diretor-executivo da Andef, diz que pesquisa e inovações dentro da porteira são temas que vão constar das discussões. “São caminhos necessários para um aumento de produção de forma sustentável.”
Daher diz que é necessário fazer mais com menos e, para isso, integração lavoura-pecuária, biotecnologia e desenvolvimento de novas moléculas são fundamentais.
Tudo isso exige -além de tempo, talento e dinheiro do setor agropecuário- mais agilidade do governo.
Novas pragas estão a caminho do Brasil, trazendo resistência de insetos, fungos e ervas daninhas a produtos utilizados atualmente. A indústria tem uma lista de 500 novos itens na fila para apreciação dos órgãos que avaliam esse segmento.
As discussões do encontro não ficam restritas a assuntos internos à porteira das fazendas, mas vão além, segundo o executivo.
Consumo, abastecimento e distribuição de alimentos também devem estar no foco dos debates. Em alguns setores, como o de logística, “já ficamos para trás e precisamos tentar recuperar o tempo perdido”. Daher destaca ainda a necessidade de uma reforma tributária, “o que foi difícil de ser feito até agora”.
Aumento de produção exige investimentos, mas para isso o produtor necessita de renda, que está sendo corroída por um real fortalecido, afirma o executivo.

Fonte: Folha de S. Paulo – Mauro Zafalon

Veja a Programação do II Fórum Inovação, Agricultura e Alimentos                                                                                                                              

08h30  – Sessão de Abertura

– João Sereno Lammel, presidente do Conselho Diretor da Associação Nacional de Defesa Vegetal, Andef.

– Luiz Carlos C. Carvalho, vice-presidente da Associação Brasileira do Agronegócio  Abag.

– Helder Muteia, representante no Brasil da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO/ONU.                                            

– 09h00 PAINEL: “Pesquisa e inovações na agricultura e na indústria de alimentos”

– Antonio Roque Dechen, diretor da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Esalq/USP.

– Eduardo Daher, diretor executivo da Associação Nacional de Defesa Vegetal, Andef.

– Jean Louis Galego, diretor de Marketing da FSB Foods. 

10h30 Coffee-break  

– 10h45 PAINEL: “Cenários econômicos e tendências no consumo de alimentos” 

– Neuza Brunoro, professora da Universidade Federal de Viçosa, UFV/MG, e membro do Conselho de Informações sobre Biotecnologia, CIB.

– Leonardo Miyao, diretor comercial do Grupo Pão de Açúcar.

– Elisio Contini, chefe do Centro de Planejamento Estratégico da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa.

12h15             Solenidade de entrega da homenagem do Fórum 2010

12h30             Almoço de Encerramento

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.