Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Andef destaca importância do uso correto da tecnologia no Frutal 2014

Entre os dias 23 e 25 de setembro as atenções dos mais diversos setores do agronegócio brasileiro estarão voltadas para a Frutal 2014, a 21ª Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria, que se realizará no Centro de Eventos do Ceará. Dentre os diversos temas que fazem parte da agenda estão a maior seca que já assolou o Nordeste nas últimas cinco décadas e o uso de tecnologia na produção de frutas.

Para tratar do uso correto de defensivos agrícolas nas lavouras, a segurança desses produtos e apontar alguns dos desafios que a produção agrícola brasileira enfrenta no que diz respeito à defesa fitossanitária, a Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef) participará da programação em diferentes painéis.

No segundo dia de evento, quarta-feira (24), uma mesa redonda debaterá o uso de defensivos na produção agrícola e contará com a presença de Luis Carlos Ribeiro, Gerente de Regulamentação Estadual da Andef. Em sua exposição, o engenheiro agrônomo vai tratar da produção segura de alimentos com o uso de defensivos.A tecnologia e a ciência estão àdisposição do Homem para garantir a sustentabilidade em suas atividades e o constante avanço das mesmas, e com a agricultura não poderia ser diferente. Para isso, é fundamental o uso correto e adequado dessas ferramentas, enfatiza.

Também no dia 24, outro painel contará com a participação de Guilherme Luiz Guimarães, Gerente de Regulamentação Federal da Andef. A mesa, que tem como tema a avaliação de risco de agrotóxicos em frutas e hortaliças, também contará com um representante da ANVISA, Carlos Alexandre de Oliveira Gomes, coordenador do Programa de Avaliação de Resíduos de Agrotóxicos (PARA), e do Professor Doutor Angelo Zanaga Trapé, coordenador do Centro de Controle de Intoxicações da Unicamp.  

No dia seguinte (25), Luis Carlos Ribeiro volta a palestrar, desta vez, sobre o tema ameaças fitossanitárias. “A importância de proteger as fronteiras secas e úmidas do Brasil é um assunto que vem assumindo a posição de destaque que merece”, aponta. Durante sua exposição, Ribeiro vai lançar a terceira edição do QR-Code livro com pragas para as culturas de: abacaxi, banana, caju, coco, goiaba, mamão, manga, melancia, melão e uva. Éuma inovação que busca levar a informação ao homem do campo, fazendo uso das modernas tecnologias que estão á disposição de todos, como tablets e smartphones, explica. Para acessar o conteúdo das três edições do QR-Code livro, basta acessar www.defesavegetal.net

Confira a programação completa aqui.

 

Imprensa – Prole:

(11) 3143 3200

Gustavo Moura – gustavo.moura@prole.com.br

Denise Oliveira – denise.lima@prole.com.br

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.