Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Manual sobre frutas é distribuído durante o 18º Enfit

Teve início nesta segunda-feira, 20, em Foz do Iguaçu, PR, o 18º Encontro Nacional de Fitossanitaristas, Enfit, promovido anualmente pelo Departamento de Sanidade Vegetal, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MAPA. O encontro reúne os profissionais do MAPA para discutir diretrizes governamentais, harmonizar estratégias e promover ações que ofereçam maior eficácia às atividades na área de sanidade vegetal do Ministério.

O Enfit conta com a presença 80 engenheiros agrônomos; entre outras atividades programadas, os profissionais de Defesa Agropecuária participam do Curso de Certificação Fitossanitária de Origem (CFO), ministrado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia, ADAB.

Os agrônomos, que atuam diretamente em propriedades rurais, receberam durante o Enfit uma ferramenta que pode ser útil na fiscalização e orientação para o cumprimento das normas de defesa vegetal: trata-se do QR-Livro, manual de bolso sobre pragas. Esta mais recente edição destaca dez culturas de frutas tropicais: abacaxi, banana, caju, coco, goiaba, mamão, manga, melancia, melão e uva.

A publicação técnica, lançada pela Agropec em parceria com Associação Nacional de Defesa Vegetal, Andef, teve duas edições anteriores, dirigidas às culturas de milho e sorgo, e às hortaliças tomate, pimentão, batata, pepino e cenoura.

Para o download dos QR-Livro e mais informações sobre esta ferramenta, acesse www.defesavegetal.net.

 

 
Em defesa das plantações

O Departamento de Sanidade Vegetal, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, MAPA, é responsável pela elaboração da regulamentação fitossanitária nacional e a fiscalização do seu cumprimento. Entre suas principais atribuições e competências estão elaborar as diretrizes de ação governamental para a sanidade vegetal, além de promover a execução das atividades do setor. 'A vigilância fitossanitária, prevenção e controle de pragas contribui de forma estratégica para a formulação da política agrícola', afirma Luis Eduardo Pacifici Rangel, diretor do DSV.

Outras atividades desempenhadas pelos profissionais de fiscalização agropecuária são: definir requisitos fitossanitários a serem observados na importação e exportação de vegetais; promover campanhas de educação e demais ações de defesa fitossanitária. Os técnicos do Departamento ainda formulam propostas e participam de negociações de tratados ou convênios internacionais sobre temas de defesa vegetal, em articulação com os demais órgãos do Ministério.

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.