Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / MAPA tem novo comando

Novo ministro, Neri Geller, prioriza Defesa Agropecuária.

O novo ministro da Agricultura, Neri Geller, afirmou ao Valor que a defesa agropecuária do país será uma de suas prioridades à frente da Pasta. Nesse contexto, Geller disse que vai se aproximar da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do ministério e dos fiscais agropecuários, duas frentes com as quais as relações estiveram particularmente esgarçadas no ano passado.

‘Quero me aproximar do corpo técnico da secretaria e oferecer melhores condições de trabalho para os profissionais que são responsáveis pela qualidade dos alimentos. Vou ser parceiro’, disse ele. A cerimônia de transmissão de cargo será realizada na manhã desta terça-feira na sede do ministério, em Brasília.

Outra prioridade do novo ministro será acelerar as liberações de defensivos agrícolas, que já ganharam um novo ritmo neste ano. Para isso, Geller deverá criar uma equipe técnica para trabalhar em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). ‘Não podemos esperar anos para um produto ser aprovado. Também não vamos atropelar o processo, mas vamos nos dedicar mais a isso’, disse.

Já com participação ativa nas discussões do Plano Safra 2014/15, Geller afirmou que o ministério está se debruçando sobre as propostas, mas que será dada atenção especial à inovação. ‘O pacote será anunciado até o fim de abril. Obviamente teremos mais recursos em relação aos R$ 136 bilhões da safra atual, mas queremos dar mais dinheiro para inovação, principalmente ligada ao aumento de produtividade’. O programa InovaAgro, emprestou R$ 3,2 milhões nos primeiros sete meses da safra atual (2013/14).

Com os preços de mercado da maioria dos produtos agropecuários acompanhados pelo ministério acima dos valores mínimos, Geller disse que não pretende efetuar grandes intervenções nesse campo. ‘Vamos tratar de casos específicos, se aparecerem. Hoje, não temos nenhum grande problema no horizonte, mas a Conab está pronta para intervir’.

Apesar da cerimônia marcada para hoje, Geller já tomou posse ontem e afirmou, durante a solenidade de posse, que sua indicação recebeu amplo apoio do setor produtivo e também do PMDB. ‘Minha indicação foi do ministro Antônio Andrade, com apoio do senador Blairo Maggi [PR/MT]. Minha indicação vem da base, do setor. Tenho uma relação boa com o PMDB. Sinto que a maioria dos deputados do partido me apoia, mas na articulação não teve a participação da Câmara’.

‘Fui deputado federal, atuei muito forte na Comissão de Agricultura [da Câmara] e terei habilidade para contar com os deputados ligados ao agronegócio junto comigo. Obviamente – e junto com o PMDB -, estarei alinhado dentro da política macro da presidente Dilma’.

Fonte: Valor Econômico

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.