Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Pré-sal na Costa da África

Petrobrás tem projeto para explorar petróleo na costa africana.

A história geográfica de Brasil e África aproxima os dois países de uma fortuna incalculável. Ou melhor, pode-se, sim, estimar o tamanho da riqueza: a exploração do petróleo na região marítima do pré-sal brasileira deve gerar cerca de 80 bilhões de barris de petróleo por ano.

De acordo com pesquisadores da Petrobras, algo próximo a esse volume pode ser
explorado igualmente na costa atlântica da África. A teoria dos técnicos parte da história da formação geográfica de ambos os continentes, segundo a qual 152 milhões de anos atrás formavam uma única região, ate se separarem por gigantescas movimentações tectônicas.

“Existem estudos consistentes que embasam essa teoria”, afirma Fernando Baratelli Junior, gerente de Informação Técnica e Propriedade Intelectual da Petrobras, durante o Seminário sobre Propriedade Intelectual promovido pela CNI, nesta segunda, 22. A conclusão é que a costa da África abriga uma riqueza fóssil que, se for próxima do pré-sal brasileiro, a produção anual, cotada a 80 dólares o barril, em média, deve render algo próximo de 6,4 trilhões de dólares. “São dois momentos à frente: sair dos estudos científicos à comprovação prática; em seguida, iniciar a prospecção para se verificar as dimensões da bacia.”

Certamente, os recursos necessários são tão gigantescos quanto à
perspectiva de retorno do investimento. Mas a Petrobras já se
movimenta nesse sentido, de acordo com Baratelli Junior. “Já há
protocolo de intenções assinados com alguns países, por exemplo, com a
Angola.

Assessoria de Comunicação – Andef

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.