Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Agilidade nos registros de defensivos para Minor crops

Dia 28 último, em Brasília, os elos envolvidos nas cadeias de fruticultura, hortaliças e florestas participaram do III Encontro sobre Culturas de Suporte Fitossanitário Insuficiente, CSFI – as pequenas culturas as chamadas minor crops.  A iniciativa foi da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA (Confederação Nacional de Agricultura); Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Frutas (Abrafrutas); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA); e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Um dos temas abordados no encontro foi a atualização da Instrução Normativa Conjunta (INC) 01/2014, que reformulou uma INC de 2010, ampliando o amparo legal e o número de culturas específicas para a utilização de agroquímicos. “A INC trouxe avanços, mas apenas 5% das nossas necessidades foram atendidas. Ainda há muito para fazer”, disse o novo presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Tom Prado.

Segundo ele, para que o setor tenha mais amparo legal para a utilização de agroquímicos específicos para as minor crops, é preciso que um número cada vez maior de produtores apresente suas demandas, para que todos os elos da cadeia produtiva avancem nesta questão. “A CNA terá papel fundamental neste ponto para mobilizar os produtores”, completou Tom Prado.

De acordo com Álvaro Inácio, do Departamento de Fiscalização de Insumos Agropecuários do MAPA, após a reformulação da INC, em apenas um ano houve 286 novas inclusões de alvos, além de 138 novas inclusões de ingredientes ativos para culturas. Há, ainda, 381 inclusões de culturas em análise. Ao final, representantes de empresas de defensivos agrícolas apresentaram projetos de desenvolvimento e utilização de produtos específicos para as minor crops.

“Da parte das nossas associadas, os números de solicitações de registros deixam claro a seriedade com que as empresas encaram a produção FFH no Brasil”, afirma Eduardo Daher, diretor executivo da Associação Nacional de Defesa Vegetal, Andef.  “E, à medida que os entraves burocráticos dêem lugar à agilidade das análises com base no rigor científico, as empresas de R&D estão decididas a redobrar os esforços em prol das chamadas minor crops, culturas de enorme importância para a agricultura e para os brasileiros.”

Fonte: Comunicação Andef, com informações da Assessoria da CNA

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.