Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Projeto Cultivida

Programa visa conscientizar produtores sobre o uso correto de defensivos.

A empresa IHARA lançou no dia 8 de março, em Indaiat&quote;uba/SP, o projeto Cultivida, que pretende conscientizar os produtores rurais para que façam uso adequado dos agroquímicos durante sua aplicação no campo.

De âmbito nacional, o Cultivida levará, durante 2012, benefícios para 13 cidades, escolhidas de acordo com levantamento feito pela Fundação Oswaldo Cruz e Anvisa que aponta os municípios com maior índice de contaminação por uso de agroquímicos. Serão R$ 2,8 milhões investidos pela IHARA neste primeiro ano neste projeto. Com o projeto, a IHARA dá início a uma nova proposta educacional no campo em linha com as Boas Práticas Agrícolas já defendidas em outros programas da empresa.

A cerimônia de apresentação teve a presença do presidente da IHARA, Júlio Borges Garcia, do prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira, do toxicologista da UNICAMP dr. Angelo Trapé, o gerente de Registro e líder do projeto, Rodrigo Naime, além de representantes da Fiocruz, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  e de Secretarias de Saúde de vários Estados.

O Cultivida terá, no mínimo, cinco anos de duração e prevê ações com foco em quatro áreas de atuação:
– Na saúde do trabalhador, com investimentos em conscientização através de especialistas da área médica;
– Na atualização dos agentes de saúde, considerando programas de monitoramento das populações expostas em níveis local, regional e estadual;
– Na atividade agrícola, com aumento da rentabilidade por meio da aplicação das Boas Práticas Agrícolas; e
– No bem-estar familiar, com orientações para a saúde da mulher e da criança, incluindo atividades culturais.

A necessidade de um programa visando à prevenção e conscientização do uso correto dos agroquímicos existe por conta de números, ainda preocupantes, sobre casos de acidentes ocupacionais.

‘O projeto Cultivida dará orientações à população rural acerca dos perigos e riscos à saúde do trabalhador e sua família, atuando em etapas de prevenção de intoxicações’, explica o presidente da IHARA, Júlio Garcia. ‘Trata-se de uma campanha de extrema importância, que envolverá discussões com toda a sociedade, para a conscientização do uso adequado desses produtos no campo’, diz. Segundo o presidente, ‘o uso de agroquímicos fica mais seguro à medida que os procedimentos de proteção são adotados e as regras de segurança, obedecidas’.

O projeto Cultivida contará com a parceria de pesquisadores e médicos especializados na área por meio de treinamentos às equipes de saúde pública dos municípios de vários estados do Brasil. ‘A intenção é auxiliar esses profissionais da saúde para a elaboração de um diagnóstico correto e de um tratamento preciso nos casos de intoxicação por agroquímicos’, completa o toxicologista da UNICAMP, Angelo Trapé. Para ele, ‘o Brasil não pode mais confundir intoxicação com outras doenças’.

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.