Você está aqui: Home / Imprensa / Notícias / Simpósio debate importância das leguminosas para segurança alimentar

Ano Internacional tem como tema as 'sementes nutritivas para um futuro sustentável’.

A Organização das Nações Unidas (ONU) elegeu 2016 o Ano Internacional das Leguminosas. O propósito é chamar a atenção do mundo para a importância desses vegetais nas áreas de saúde, nutrição, segurança alimentar e sustentabilidade ambiental.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) foi designada como agência responsável pela celebração do Ano, em colaboração com a UNESCO, Estados Membros, ONGs, entre outros.

Em Campos dos Goytacazes (RJ), o 2º Simpósio Ano Internacional das Leguminosas, que será realizado nos dias 12 e 13 de maio no campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), além de mostrar o valor desses alimentos nos contextos da segurança alimentar e sustentabilidade, irá destacar as oportunidades de empregos que as leguminosas podem gerar para engenheiros agrônomos, profissionais em ciências agrárias, biólogos, etc.

GESTÃO DE RECURSOS

Uma das questões em debate no Ano Internacional das Leguminosas, e que será objeto de estudo no evento em Campos é a sustentabilidade ambiental exercida por meio da gestão e uso de recursos naturais e sustentáveis da terra, água e biodiversidade. De acordo com especialistas, as leguminosas aumentam a biodiversidade, a produtividade e a eficiência do uso da água em sistemas agrícolas e na rotação de culturas, diminui a necessidade de fertilizantes, e reduz o custo final da lavoura, evitando a emissão de gases de efeito estufa.

PROGRAMAÇÃO

O 2º Simpósio Ano Internacional das Leguminosas no Rio de Janeiro, que conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Embrapa, Sociedade Nacional de Agricultura, entre outras entidades. será aberto com o pronunciamento do representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic.

Entre as várias palestras programadas para os dois dias de evento, Rocha Lima destaca “A importância das leguminosas na produção de alimentos e na proteção do meio ambiente”, que será proferida pelo engenheiro agrônomo Segundo Urquiaga Caballero, pesquisador da Embrapa Agrobiologia; “Zoneamento Agroecológico do Rio de Janeiro e uma abordagem das leguminosas”, com José Francisco Lumbreras, pesquisador da Embrapa Solos, que irá mostrar os melhores locais já mapeados para a produção de leguminosas no estado, e a “Importância das leguminosas no manejo sustentável dos solos tropicais”, onde o pesquisador da Embrapa Agrobiologia Pedro Luiz de Freitas irá abordar a questão do plantio direto.

Ainda durante o simpósio, serão apresentados os resultados obtidos com o plantio de leguminosas na serra fluminense, após o desastre ambiental ocorrido em 2011, quando várias cidades foram atingidas por enchentes. Rocha Lima explica que foi realizado um grande trabalho de recuperação dos solos na região, com o aumento da matéria orgânica para garantir maior sustentação à terra.

Outro destaque será a palestra de Avílio Antonio Franco, engenheiro agrônomo e conselheiro da AEARJ, que irá abordar a importância da soja na economia brasileira e na segurança alimentar da humanidade.

Acesse aqui e confira a programação completa.

 

ANDEF. Avenida Roque Petroni Júnior, 850 . 19º andar . Torre Jaceru . Jardim das Acácias . CEP: 04707-000 . Tel.: 55 (11) 3087-5033 - (Mapa) Desenvolvido por UAU!LINE.